quarta-feira, 30 de junho de 2010

Muderrrnidade

Desenvolvo software há uns anos. Muitos pra falar a verdade.

Ainda me surpreendo com nível intelectual da macacada.
Apesar de atualmente a utilização de um computador ser considerada parte da alfabetização básica, ninguém é obrigado a saber utilizá-lo. Ainda.

Mas se você recebesse uma cadeira preta onde numa parte estivesse escrito em letras vermelhas garrafais "coloque a bunda aqui", você ligaria para o suporte do fabricante para saber onde por a sua digníssima área traseira?

Ao chegar em casa você liga o seu computador com um programa novo, e numa tela completamente preta aparece em letras brancas e imensas "Aperte ENTER para continuar...", então você:

a) sai correndo pelado e gritando.
b) se ajoelha e pede ajuda aos espiritos.
c) liga desesperado pro suporte perguntando o que fazer.
d) aciona o "tico e o teco" e pressiona a maldita tecla ENTER.

Ataque de pânico. Não quero saber a resposta.

Acho que vivemos numa era de ostentação da burrice.
Sacos plásticos com a inscrição de "não fechá-lo na cabeça".
Ração animal com a inscrição de "somente para uso animal".
Numa porta de elevador se lê "não entre se o elevador não estiver parado neste andar".

Daqui a pouco vão escrever "somente para uso externo" num vasilhame pet de 2 litros (ok, ok, cada um com seus fetiches) ou será sancionada uma lei que obriga que seja colocado um adesivo em todas as paredes com os dizeres "não bata sua cabeça aqui"!

Quando digo vagamente com o que trabalho, todo mundo sempre conhece ou tem um parente que sabe tudo "disso". Em "tudo disso" leia-se instalar o ruWindows e meia dúzia de programas, baixar umas porcarias e trocar umas pRacas.

Se está cheios de experts à minha volta por que então um jogo high end tem umas 100 pessoas trabalhando por um ou dois anos? Ou por que um grupo de engenheiros demora tanto para desenvolver um "simples" circuito integrado?

E o pior: por que absolutamente tudo o que é ligado na tomada, tem pilhas, faz bip ou pisca luzinhas sou eu que tenho que ser consultado???

Humpf.

Desabafo pós mercado e a lei de Murphi (se há um grupo imenso de retardados no supermercado eles estarão à sua frente na fila). Cuidado, pode haver um doido atrás de você na fila!