domingo, 18 de dezembro de 2011

Santos x Barcelona, sinal dos tempos

Eu não sou um torcedor de algum time em especial (apesar de ter simpatia por alguns) e gosto de futebol como outro esporte qualquer, mas depois do jogo deprimente de hoje entre Barcelona e Santos eu realmente não vejo outra alternativa a não ser lutar pela lei antitruste no futebol.


O esporte não escapa do modelo social, como o trivial do capitalismo, livre concorrência, 'esforço', 'determinação' e demais jargões "religiosos", são o mais puro engôdo.
Um time milionário patrocinado por uma empresa do Qatar desmoralizou a equipe tupiniquim e seu principal nome, o metido do Neymar.

Com algumas reservas ao atletismo, todos os esportes estão se tornando como o patético automobilismo: pagou levou.