segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Receita para felicidade

Em mais uma época de fim de ano aqui na minha região, o litoral, fica claro a receita para a felicidade dos paulistanos (não apenas eles claro):

- se endivide com carros caros (quem sabe compense a sua insegurança e finalmente role algum sexo);
- obrigue os outros a ouvirem sons que você gosta (mesmo sendo crime e, em geral, você tendo mau gosto);
- grite e gragalhe alto (como se felicidade não fosse algo pessoal, íntimo e temporário);
- use a grande criatividade culinária de prato único: churrasco;
- vá de sunga/canga para o supermercado obrigando os outros a olharem esse show de horrores;
- beba muito e pratique a inconveniência;
- jogue lixo em todo lugar;
- faça todo tipo de bandalheiras no trânsito;
- vá sempre para os mesmos lugares nas mesmas épocas fazendo com que a locomoção fique insuportável como em sua terra de origem;
- tire fotos ridículas para expôr sua vida patética nas redes sociais, faça marketing de "felicidade" pessoal desesperadamente;
- por fim, volte para o lugar inferno onde vive, lambendo o saco do chefe e sendo o mauricinho reprimido de sempre.