terça-feira, 1 de março de 2011

Praia e animais. Porque não cumprir a lei?

Antes de mais nada estou me atendo aos animais quadrúpedes, já que não há lei que proíba animais bípedes com intelecto pífio de frequentar a praia, infelizmente.

Já vi vários posts e matérias sobre cachorros na praia e os tais proprietários bípedes de intelecto reduzido sempre alegam outras leis ou regras de higiene que são quebradas para justificarem a permanência de seus animaizinhos na praia.

Uma imbecilidade pra justificar outra. Brilhante.


Não existe polêmica nesse assunto. É lei, não pode e ponto.

Também é nojento, anti-higiênico e desrespeitoso com os demais bípedes que frequentam a mesma praia que, para seu espanto, não é só sua.

Claro que aqui na minha cidade não é diferente. Sempre tem os "donos da praia" que acham que o seu direito está acima do dos outros.


Eu gosto de animais, a maioria quadrúpede e alguns poucos bípedes, meu bichinho de estimação é o Fred.

Fred, meu hipopótamo de estimação.

Apesar de ter 7 metros de comprimento, 2,5 metros de altura e 3,5 toneladas, Fred é um meninão inofensivo (matou um crocodilo num passeio certa vez e pisoteou um policial  em outra, mas foi tudo sem querer).

Faça cuti-cuti em seu papo que ele retribuirá abrindo a boquinha para que você coloque a cabela lá dentro. Uma coisa linda.

Fred toma banho diariamente, escova os dentes e usa lavanda. Tem polainas de lã e colete colorido do clube de criadores de hipopótamos. É vacinado e tem todas as carteirinhas internacionais de hipopótamos de estimação e mesmo assim, em respeito aos demais bípedes, eu não o levo pra passear em praças públicas, praias e ruas.

Seus 45 Kg de fezes e 6 litros de urina que ele costuma fazer na porta do vizinho eu costumo retirar sempre, nem sei porque meu vizinho reclama (apesar de seu carro ter ficado atolado uma vez).

Portanto meus caros donos de cães, vocês com seus luluzinhos e eu com o meu inofensivo Fred, estamos juntos nessa jornada de privação, mas devemos respeitá-la em nome do bom convívio social e da boa educação.